Home / Notícias / Alunos do Instituto Federal Baiano Campus Uruçuca vivem situação degradante dentro das residências estudantis

Alunos do Instituto Federal Baiano Campus Uruçuca vivem situação degradante dentro das residências estudantis

Alunos do Instituto Federal Baiano Campus Uruçuca estão enfrentando condições precárias dentro das residências estudantis, conforme denunciado por Daniel de Oliveira Gonçalves, estudante do Curso Superior em Gestão de Turismo. Daniel e seus quatro colegas têm residido nessas instalações por aproximadamente quatro anos e recentemente passaram por uma situação extremamente desgastante.

Nos últimos dias, uma parte do teto da residência onde moravam desabou, colocando-os em uma situação de risco iminente. Diante disso, Daniel e seus colegas procuraram apoio para sair dessa situação degradante. Eles encontraram uma residência vazia no mesmo terreno do campus, onde poderiam se abrigar temporariamente, a fim de evitar perigos e acidentes.

Ao chegarem à nova residência, encontraram a porta aberta, constatando que a casa não estava sendo habitada por ninguém. Após se instalarem, Daniel informou à equipe de segurança sobre sua presença na nova residência. No entanto, na segunda-feira, dia 29 de maio de 2023, Daniel recebeu uma notificação da Coordenação de Assistência Estudantil, alegando que ele e seus colegas haviam acessado a residência de forma arbitrária e que teriam arrombado a casa.

Entretanto, essa acusação não procede, pois não foram encontrados sinais de arrombamento nas portas da residência. A ocupação do novo local foi pacífica por parte dos novos moradores. Daniel e seus colegas alegam estar sofrendo perseguição política por parte da equipe gestora do Instituto Federal Baiano Campus Uruçuca.

Diante dessa situação, é essencial que as autoridades competentes investiguem imparcialmente o caso, garantindo o direito dos estudantes a residirem em um ambiente seguro e adequado. É necessário que o Instituto Federal Baiano Campus Uruçuca preste esclarecimentos e adote medidas efetivas para solucionar os problemas estruturais das residências estudantis, além de assegurar que não ocorram retaliações injustas contra os alunos.

informações de Daniel de Oliveira Gonçalves

Please follow and like us:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Parceria

Destaques

x

Check Also

4 em cada 10 MPMEs preferem antecipação de recebíveis como modalidade de crédito, aponta pesquisa da Serasa Experian

Estudo traz ainda que há espaço para ampliar adesão à modalidade, já que apenas 19% ...

Mitos e verdades sobre pensão alimentícia

Após o divórcio com filhos menores de idade, casais costumam enfrentar discussões por conta do ...

Concurso: Codevasf publica edital para 61 vagas de nível superior e cadastro reserva; inscrições ocorrem entre 20/05 e 10/06

A Codevasf publicou nesta terça-feira (14/05) edital de concurso para preenchimento de 61 vagas de ...