Após denúncias, prefeito de Itamaraju decide encerrar abastecimento por meio de notas

Diante das denúncias feitas com exclusividade pelo portal Siga a Notícia, que evidenciava um esquema ilegal de corrupção com a venda de combustível da Secretaria de Saúde de Itamaraju, envolvendo um secretário e um diretor de departamento, o prefeito Marcelo Angênica (PSDB) parece ter tomado ciência da gravidade dos fatos e tomou partiu para tentar estancar o esquema.

Foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial do município o aviso de licitação Pregão Presencial N° 044/2018 objetivando a contratação de empresa especializada na prestação de serviço de fornecimento de cartão magnético e ticket combustível para atender a frota municipal.

Aparentemente, após desmonte do esquema que recebeu o nome de ‘Mafia do Combustível’, o prefeito tomou ciência da gravidade dos fatos e ‘quer ter mais controle da situação’, já que por meio do sistema eletrônico será possível realizar o controle em tempo real dos gastos com abastecimento.

Uma fonte ligada ao prefeito afirma que  ‘Marcelo Angênica não tinha conhecimento desse esquema’ e ainda nos revelou que após a denúncia no Siga a Notícia, o gestor verificou algumas notas e se surpreendeu, pois segundo nossa fonte, ‘numa única semana saiu quase 10 mil litros de combustível só de notinhas’. Apesar da constatação e denúncia do esquema na secretaria de Saúde, envolvendo o Secretário de Saúde, Elan de Lozinho, e o diretor de Transportes, Fábio Lima, até o momento nenhum dos dois foi afastado das funções.

Segundo informações extraoficiais, uma reunião teria acontecido para decidir o futuro dos dois, e Elan, pela terceira vez, teria apelado para que vereadores beneficiados no esquema pudessem interceder a seu favor, pois segundo nossa fonte, ‘Elan sabe demais e pode se tornar um inimigo perigoso se for exonerado, e ele já comentou pela rua’.

Aguarda -se um pronunciamento público da administração municipal na tarde dessa sexta 16,  onde a equipe do prefeito tentará se explicar diante de mais esse escândalo de corrupção que abala o governo do médico Marcelo Angênica.

Por Amintas de Jesus, Sigaanoticia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.