Home / política / Após Rui anunciar ‘passaporte da vacina’, Talita Oliveira apresenta projeto para garantir direitos de não vacinados

Após Rui anunciar ‘passaporte da vacina’, Talita Oliveira apresenta projeto para garantir direitos de não vacinados

Após o governador Rui Costa (PT) anunciar que irá obrigar a carteira de vacinação contra Covid-19 em espaços públicos, a deputada estadual Talita Oliveira (PSL) apresentou, nesta quarta-feira (15), um Projeto de Lei que visa garantir os direitos constitucionais das pessoas que não quiserem se vacinar.

O objetivo da iniciativa da deputada é assegurar os “direitos constitucionais de liberdade a todos àqueles que, por qualquer circunstância de natureza pessoal, física ou objeção de consciência, abstenham-se de participar das campanhas de vacinação” contra a doença em todo estado da Bahia.

“Tendo em vista o seu caráter reconhecidamente experimental e de efeitos ainda desconhecidos pela comunidade científica”, justificou a parlamentar.

Segundo Talita, “não podemos admitir a adoção de ‘passaportes sanitários’ ou ‘passes de vacinação’ que visam, em última instância, obrigar pessoas a serem vacinadas com produtos experimentais desenvolvidos em tempo curtíssimo e sem a necessária garantia de segurança relacionada a eventos adversos imediatos, de curto, médio e longo prazo”.

O chefe do Executivo baiano, porém, ainda não informou quando essa comprovação começará a ser exigida, mas deu a entender que a medida só será tomada com o avanço da aplicação da segunda dose.

Ascom / Deputada Talita Oliveira
(71) 99209-2593 – Mateus Soares

x

Check Also

Prefeitura de Uruçuca , Câmara de Vereadores e Sindicato dos produtores Rurais, seguem realizando doações às famílias atingidas pelas chuvas nos últimos dias.

A cidade de Uruçuca no Litoral Sul da Bahia nos dias 10 e 11 de ...

Barroso dispensa passaporte da vacina a brasileiros que estavam no exterior

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), flexibilizou hoje a decisão tomada ...

Audiência realizada por Talita defende autonomia da população para se vacinar ou não: ‘Não é papel do Estado obrigar’

“Não somos contra a vacinação. Somos contra a obrigatoriedade dela. O cidadão é livre para ...