Home / política / Caetano faz crítica à política de geração de emprego e renda de Camaçari, que registrou saldo negativo em junho

Caetano faz crítica à política de geração de emprego e renda de Camaçari, que registrou saldo negativo em junho

A política de atração de novas empresas e indústrias para Camaçari foi alvo de duras críticas de Luiz Caetano (PT), ex-prefeito do município e atual secretário estadual de Relações Institucionais do Governo do Estado.

Caetano culpa o prefeito Elinaldo Araújo (União Brasil) pelo saldo negativo de empregos registrado no mês de junho em Camaçari. Os dados foram revelados ontem (27) pelo Caged – (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho.

De acordo com os dados do órgão, Camaçari registrou um saldo negativo de -3, na geração de empregos. No mês de junho foram contratadas 2.415 pessoas e demitidas e nesse mesmo mês foram demitidas outras 2.418.

“O prefeito de Camaçari [Elinaldo Araújo] parece que aprendeu com o padrinho dele, o ex-presidente Jair Bolsonaro. Ele não consegue conectar Camaçari aos governos do Estado e Federal e tudo que está acontecendo no mundo, a exemplo das mudanças e transformações”, disse Caetano.

SALDO ACUMULADO

O saldo acumulado dos últimos 12 meses também foi considerado pífio pelo ex-prefeito Luiz Caetano. Entre janeiro e junho deste ano, Camaçari registrou apenas um saldo positivo de 332 empregos. Esse número foi o resultado de 15.805 contratações contra 15.437 demissões.

“O prefeito não administra a cidade. Ele é bastante ausente e o povo de Camaçari deseja mudança. Por isso, o município não gera emprego e muito menos renda. Outra coisa, até mesmo os empregos da Prefeitura ele ocupa com pessoas de fora, desaquecendo a economia da cidade. É muita gente de fora na Prefeitura e com isso o recurso na circula no município”, criticou o atual da Serin.

O saldo de empregos nos últimos 12 meses, segundo Caetano, também é muito abaixo do esperado, levando em consideração o potencial produtivo de Camaçari. Entre junho de 2022 e junho de 2023, o município contratou 32.955 e demitiu 29.977, um saldo de apenas 3.018 empregos formais.

ELEIÇÕES 2024

Luiz Caetano também destaca que acredita na mudança de comando do município nas eleições de 2024. “Nós vamos lutar com Jerônimo [Governador], com Lula [Presidente] e com o povo de Camaçari para fazer a mudança que cidade tanto quer e precisa”, falou.

Ele ressaltou ainda que o Governo do Estado já vem trabalhando em prol do município. “Já fizemos uma maternidade, ampliamos o Hospital Geral, reformamos e construímos escolas, alcançando a marca de mais de R$ 1 bilhão em investimentos, considerando os governos de Wagner, Rui e agora Jerônimo”, revelou.

A Bahia, segundo o Caged, registrou saldo positivo no mês de junho de 8.319 contratações. Esse número é resultado de 71.199 admissões e 62.880 desligamentos em todo estado. Já o Brasil registrou um saldo positivo de 157.198 carteiras de trabalho assinadas no mesmo período.

Please follow and like us:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Parceria

Destaques

x

Check Also

Secretária exalta apoio do MDB a Geraldo Simões em Itabuna: ‘Tem muito a contribuir para a cidade’

A secretária estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento da Bahia (SIHS), Larissa Moraes (MDB), marcou ...

Reviravolta nas Eleições 2024: STF decide destino das sobras eleitorais

O ano eleitoral já surpreende com possíveis mudanças nas eleições municipais de 2024, com o ...

Autor de projeto que pune invasores de terra, Diego Castro condena invasões no Sul da Bahia

O deputado estadual Diego Castro (PL), autor do Projeto de Lei que visa punir invasores ...

Copyright ©2010 - 2024 ..::||itamarajunews.com.br::... Todos os direitos reservados. Site construído e administrado por Agência Listen Selem CNPJ.33.550.842/0001-76 CelZap (73)99129-4036.