Home / Saúde / Cólica forte pode ser um sinal de endometriose

Cólica forte pode ser um sinal de endometriose

A cólica forte pode ser um dos sintomas da endometriose, doença que atinge mais de 180 milhões de mulheres no mundo. 

Durante o período da menstruação sintomas como cólica forte podem ser vivenciados pela mulher, entre outros sintomas como dor de cabeça e disfunção intestinal. 

No entanto, esses sinais quando intensificados conseguem estar alertando sobre doenças na mulher, uma delas é a endometriose. Essas cólicas costumam surgir após a menarca, a primeira menstruação e percorre ao longo da vida até a menopausa.

Estudos atuais mostram que a endometriose não possui cura, mas sim tratamentos, que resultam nas intervenções medicamentosas com hormônios e também a laparoscopia, cirurgia que remove o tecido endometrial localizado fora do útero que causa doença.

O diagnóstico precoce da doença auxilia a mulher a encontrar tratamentos adequados para aliviar os sintomas, já que a dor da cólica pode ser insuportável neste tipo de caso. Contudo, saiba que a endometriose possui outros sintomas que podem atrapalhar a vida da mulher.

Cólica forte e os demais sintomas da endometriose

Além da cólica forte e intensa durante os períodos menstruais, a endometriose apresenta outros sintomas que merecem atenção.

Um desses sintomas notáveis na mulher são as dores durante as relações sexuais, dor intestinal, dificuldades para evacuar e urinar. Sangramentos fora do período menstrual também podem ser observados, assim como as dificuldades de engravidar.

Uma das principais causas da infertilidade feminina é a endometriose, principalmente quando não tratada. Por isso, antes de pensar em gravidez, o tratamento eliminando os focos de doenças serão indispensáveis para o desenvolvimento do feto durante a gestação.

Causas da endometriose nas mulheres

Os estudos sobre a endometriose não apresentam causas específicas sobre a doença, mas alguns ginecologistas alertam para os hábitos que podem contribuir com o desenvolvimento da doença.

A falta de exercícios físicos, obesidade e má alimentação são suscetíveis a causa de endometriose nas mulheres, inclusive, o uso de pílulas anticoncepcionais com progesterona e estrógenos em sua composição.

Mas essas possíveis “causas” da endometriose nas mulheres, ainda é necessário mais estudos para tal afirmação.

Tratamentos e diagnóstico da endometriose

A ressonância magnética e endometriose tem uma relação importante, é a partir desse exame de imagem que é possível avaliar o quadro da mulher com suspeita da doença, fazendo a avaliação completa da pelve para detectar os focos da endometriose.

O diagnóstico preciso ajuda a encontrar os melhores tratamentos da doença, pois existem vários tipos de endometriose conforme a sua localização. Por isso, os sintomas podem variar de uma mulher para a outra, mas a cólica forte é um dos principais sinais.

Com a constatação da doença é oferecido tratamentos de acordo com a evolução e os sintomas apresentados fazendo uso de anticoncepcionais, antiinflamatórios e até cirurgias para casos mais graves.

Lembre-se da importância do exame papanicolau todos os anos, ele ajuda a detectar sinais da endometriose.

x

Check Also

Governo Federal não fornece medicamentos de alto custo há 3 anos

Doze mil pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para fornecimento de medicamentos de ...

Cerca de 30% das pessoas com mais de 60 anos sofrem com a perda da massa muscular

Condição, chamada sarcopenia, pode ser minimizada com cuidados simples ao longo da vida, como alimentação ...

Dicas de cuidados ao decidir realizar uma cirurgia plástica

Não é à toa que as cirurgias são um dos procedimentos mais procurados, elas são ...