Craque o Flamengo faz em casa e… vende bem: crias do Ninho geram quase meio bilhão em três anos

Vinicius Jr., Lucas Paquetá, Jean Lucas, Jorge, Felipe Vizeu e agora Léo Duarte…

Craque o Flamengo faz em casa… e vende. Mas vende bem. A negociação de Léo Duarte com o Milan, da Itália, engrossou a lista da saída de talentos e entrada de cifras milionárias nos cofres rubro-negros. Em dois anos e meio, as vendas de jovens formados no Ninho do Urubu geraram quase meio bilhão e alavancaram as receitas do clube.
Somadas com as cotações da época, as transferência dos seis jogadores gerou R$ 441 milhões. Na maioria dos casos, no entanto, os valores reais foram ainda maiores, uma vez que as parcelas chegavam mais recheadas devido à constante desvalorização da moeda brasileira.
Foi assim com Paquetá, Vinicius, Vizeu… Nem toda grana, porém, entrou nos cofres do clube, uma vez que, na maioria dos casos, investidores tinham uma parte dos direitos econômicos das revelações. Com os valores da cotação da época da venda, o Fla faturou pouco mais de R$ 300 milhões.
VENDAS DE JOGADORES REVELADOS NO FLAMENGO DESDE 2017
JOGADOR ANO VALOR EM EUROS VALOR EM REAIS (COTAÇÃO DA ÉPOCA) PARTE DO FLAMENGO COMPRADOR
Vinicius Junior 2017 € 45 milhões R$ 164 milhões 66% (cerca de R$ 110 mi) Real Madrid
Lucas Paquetá 2018 € 35 milhões R$ 146 milhões 70% (cerca de R$ 102 mi) Milan
Léo Duarte 2019 € 10 mihlões R$ 43 milhões 70% (cerca de R$ 31 mi) Milan
Jean Lucas 2019 € 8 milhões R$ 34 milhões 80% (cerca de R$ 25 mi) Lyon
Jorge 2017 € 9 milhões R$ 29,8 milhões 70% (cerca de R$ 21 mi) Monaco
Felipe Vizeu 2018 US$ 6,5 milhões R$ 20 milhões 60% (cerca de R$ 12 mi) Udinese
O Flamengo, que nas últimas décadas viu safras inteiras saírem por trocados – por vezes até de graça -, hoje é o clube que melhor vende no Brasil. Reflexo da mudança de perfil da base rubro-negra e da administração do clube como um todo.
Obviamente as vendas levantam o questionamento: o Flamengo forma bons jogadores para brilharem em outros clubes? Vinicius Junior, por exemplo, ficou apenas um ano no profissional antes de seguir para o Real Madrid, da Espanha; a venda de Paquetá também para o Milan gerou até um inquérito interno; Reinier é cobiçado na Europa sem ao menos ter estreado… Reflexos de um mercado voraz, que busca craques cada vez mais jovens. E o dinheiro está entrando.

Lucas Paquetá Vinicius deixaram saudades, mas renderam um bom dinheiro.  — Foto: Pedro Martins  Lucas Paquetá Vinicius deixaram saudades, mas renderam um bom dinheiro.  — Foto: Pedro Martins