Home / Empregos / Empreendedorismo feminino na maturidade: você conhece os desafios?

Empreendedorismo feminino na maturidade: você conhece os desafios?

Instituto Amadurecer reúne rede de apoio e desenvolvimento para pessoas com idade a partir dos 45 anos.

Segundo pesquisadores do Massachusetts Institute of Technology (MIT), os empreendedores de sucesso estão na meia-idade e não na juventude. Investigando a conexão entre idade e empreendedorismo de alto crescimento, a equipe liderada por Pierre Azoulay conseguiu reunir dados de 2,5 milhões de empreendedores que constituíram empresas nos Estados Unidos a partir da década de 70, até os tempos atuais.

De acordo com a pesquisa, empreendedores com idade a partir dos 45 anos possuem triunfo e crescimento superior em seus negócios, levando em consideração ‘saídas bem-sucedidas diante de novas aquisições’ e ‘volume de crescimento dos seus colaboradores’.

No Brasil, o estudo Global Entrepreneurship Monitor (GEM), em parceria com Sebrae e o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP), revelou que em 13 anos, o número de empresas geridas por pessoas com idade entre 50 e 59 anos cresceu cerca de 57%, sendo que as mulheres estão à frente de 51% dessas novas empresas.

Para Rosangela Correia, 55, CEO e Fundadora do Instituto Amadurecer, “Padrões de gênero ou etários não são adequados para indicar as características ou qualidade de alguém. Eu penso, que o mais recomendável é analisar a história de vida de cada um. Incentivar o Empreendedorismo feminino na maturidade é uma forma não só de trabalhar assertivamente o empoderamento feminino, mas também de corrigir uma injustiça social que perdura por longa temporada.” As mulheres maduras que decidem empreender, em sua grande maioria, já superaram dilemas da vida pessoal, e aprenderam ao longo dos anos a conciliar assertivamente a carreira com a vida pessoal. Essas mulheres entenderam a importância de seguir ativas, independentes e participativas no mundo e na maioria das vezes, a maturidade emocional é um dos maiores diferenciais que lhes garante determinação para realizar suas missões e seguir seus propósitos realizadores.

Dados coletados pela OnePoll, em pesquisa encomendada pela Herbalife Nutrition, com 9 mil mulheres em 15 países, sendo 500 brasileiras, cerca de 72% das mulheres entrevistadas sonham em ter um negócio próprio, sendo que 22% delas já possuem algum negócio, mas gostaria de inovar, e 50% delas nunca empreenderam.

“Além dos processos de discriminação etária e de gênero existentes, que as mulheres vivenciam, o mundo atravessa hoje uma grande crise econômica, social e de saúde, que requer adaptações rápidas e ressignificações do modo de viver e atuar, quer seja na vida pessoal ou profissional. Sabemos que é tão necessário quanto urgente, aprender cada dia mais sobre diversas formas de se adaptar ao “novo tempo”. Porém, com os impactos econômicos, de saúde, pessoais, emocionais e sociais que se instalaram desde a pandemia de 2020/2021, se fez necessária uma revisão nesses padrões. Diante de tantas adversidades que se acometeram sobre a população, nós, do Instituto Amadurecer, criamos um Banco de Dados com produtos e serviços, destacando-se o produto social, realizado por profissionais liberais conscientes e Empresas socialmente dispostas a trabalhar com esse propósito, para que todos possam se posicionar e retomar o mercado de trabalho, movimentando a economia, trazendo a divulgação em larga escala de oferta em diversos segmentos, mas agora oferecidos a um preço praticável diante de cada momento que atravesse a economia e assim proporcionar um novo recomeço a todos”, explica Rosa Correia.

Sobre o Instituto Amadurecer

Atentos à importância do amadurecimento, do acolhimento social e na busca por desmistificar os conceitos ultrapassados sobre o envelhecimento, surge em Salvador o Instituto Amadurecer.

Pensando na necessidade de preparar as pessoas para viverem de forma saudável, ativa, autônoma e participativa a maturidade, o Instituto Amadurecer reconhece que o processo de amadurecimento hoje, é diferente do vivenciado em décadas passadas, por isso valoriza a vida e a transformação humana, mostrando novos caminhos e descobertas que podem ser feitas após os 45 anos, destacando o quanto de belo e proveitoso pode existir na maturidade.

Por meio de produtos sociais, cursos on-line, workshops, vivências, mentorias e conteúdos exclusivos, o Instituto Amadurecer tem um compromisso em servir a sociedade, impactando a vida das pessoas de forma pessoal, profissional e social. “Uma das maiores conquistas de um povo em seu processo de evolução e humanização, é a escolha do amadurecimento consciente como ferramenta de desenvolvimento, isso reflete diretamente na vida do ser humano e da sociedade”, explica Rosangela Correia, 55, CEO e Fundadora do Instituto Amadurecer.

Conectando pessoas maduras a empresas e profissionais com propósito, saiba mais sobre o Instituto Amadurecer através do site www.institutoamadurecer.com.br, instagram.com/institutomadurecer, LinkedIn, Youtube ou pelo telefone 71 99690-2019.

Facebook Comments

Sobre Gildo Ramos Cunha

x

Check Also

Mesmo em pandemia, registro de marcas cresce 28% no Brasil

Advogada de Empresarial e Propriedade Intelectual, Gabriela Fragoso explica como se preparar para não viver ...

INSTITUTO FEDERAL BAIANO CAMPUS URUÇUCA, ABRE 131 VAGAS PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO GRATUITOS

A Comissão Central de Processo Seletivo do Instituto Federal Baiano lançou edital que visa o ...

Home office? Talvez você precise de isolamento acústico

Reformas e pequenas mudanças podem ser a solução para um ambiente barulhento, explica o arquiteto ...