Home / News / Psicóloga Camila Jardim fala sobre o esfriamento Afetivo das pessoas

Psicóloga Camila Jardim fala sobre o esfriamento Afetivo das pessoas

Durante as manhãs eu costumo “tomar sol”, pois como muitos sabem, temos vivido períodos bem friozinhos.

Estes São Os 10 Sintomas Mais Comuns da MenopausaPorém o que mais me incomodo nesses dias, de fato não é esse “friozinho” durante o nosso inverno tropical, e sim o fato de muitos “corações estarem tão gelados” para laços afetivos. Estamos tentando agregar ainda mais à pandemia a um comportamento que já existe em nós antes mesmo desse colapso na saúde pública: essa falta de empatia, respeito pelas pessoas mais próximas de nós (famílias, amigos, vizinhos, cônjuge etc).

Então, estou finalizando julho, com um enorme sentimento de gratidão pois apesar de nossos problemas antigos, se intensificarem nesse período, tivemos muitos casos que através da psicoterapia foram e estão sendo resolvidos.

E isso, expande em mim, um sentimento lindo de gratidão, que através da ciência do comportamento, estamos dedicando o melhor de nós a outras pessoas, que estão restaurando esse equilíbrio no seu meio social. Estamos falando de vínculos familiares mais fortificados, de divórcios que apesar de “costumar” ser uma situação complicada, aprendemos que não necessariamente precisa ser tão dolorida, e de casamentos e relacionamento sérios mais saudáveis, pais e filhos mais felizes.

Precisamos entender que não é “um ano perdido diante de uma pandemia”, é uma ano difícil que estamos passando na intenção que iremos superar tudo isso da melhor forma possível, sem precisar destruirmos todas as relações que temos a nossa volta.

Não temos mais “quatro meses de pandemia”, temos mais quatro meses para evoluirmos, conquistarmos as nossas metas, objetivos, e nos adaptarmos em relação ao nosso cenário mundial.

“Esse ano não valeu”, não só valeu, como ainda está valendo, você precisa se decidir, se vai deixar esse desejo se desenvolver, aumentar, dentro de si, ou se vai continuar na “estaca zero”.

Quanto a mim, devo informar, que todos os dias, independente de serem difíceis ou fácies para mim, ou para pessoas que eu conheço, escolho viver, existir, e estar ciente do controle da minha vida, pois tenho esperança, fé e desejo de futuro o suficiente para mudar a minha, a nossa e a sua vida.

Para você que leu até aqui, receba a minha gratidão, tenha um feliz e bem decidido novo mês em sua vida.

Atenciosamente,
Psicóloga Camila Jardim
CRP 03/19974
Contato 73998341786
Instagram @camilajardim.psi

Sobre Gildo Ramos Cunha

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com