Home / Esporte / MAL-CRIADO! GABIGOL MARCA TRÊS, FLA ATROPELA O SANTOS E ENTRA NO G-4 DO BRASILEIRÃO

MAL-CRIADO! GABIGOL MARCA TRÊS, FLA ATROPELA O SANTOS E ENTRA NO G-4 DO BRASILEIRÃO

Flamengo e Santos entraram em campo na noite deste sábado (28), às 19h (horário de Brasília), na Vila Belmiro, em jogo válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem Rodrigo Caio, Léo Pereira e Bruno Henrique, o Mengo foi com a força máxima disponível em busca de uma vitória para se reerguer no torneio nacional. Em partidaça do Rubro-Negro, mais uma goleada do time de Renato Gaúcho. Com autoridade, o Mengo venceu fora de casa e atropelou o time paulista por 4 a 0.

O JOGO:

O Flamengo já iniciou a partida pressionando o Santos e, logo aos dois minutos, teve grande chance de abrir o placar. Pela direita, Gabigol trabalhou com Isla, que cruzou para dentro da área. Everton Ribeiro dominou e finalizou bonito, mas parou em boa defesa de João Paulo.

Em partida pegada, foi o Flamengo que continuou tendo as melhores oportunidades. Aos 10, em boa jogada de ataque, Arrascaeta foi lançado e cruzou para Michael, mas a defesa santista afastou o perigo. Na sequência, o Mengo de novo! Arrascaeta cobrou para a área e João Paulo tirou. Gabigol tentou o rebote, mas mandou para fora.

A primeira chance do Santos foi aos 13 minutos, com Pirani. Ele carregou a bola até a entrada da área e mandou um chutaço por cima da meta de Diego Alves. Pouco depois, um lance claro a favor do Flamengo, que foi atrapalhado pela arbitragem. Everton Ribeiro deu uma linda bola para Gabigol, que sairia sozinho na cara do gol. No entanto, o juiz parou o jogo e marcou falta em Arrascaeta. Jogadores do Fla reclamaram muito no lance.

Arrascaeta cobra falta e a defesa santista manda para escanteio. O Flamengo cobra curto, e Diego lança para Gabigol, que estava no segundo pau. O camisa 9 finalizou, mas parou na excelente defesa de João Paulo. Muito boa chance do Mengo. Pouco depois, o Santos tentou oferecer perigo, novamente com Pirani, que finalizou da entrada da área. A bola desviou e foi para fora.

Aos 35 minutos, o Flamengo quase deu fim ao jejum de gols de falta. Diego cobrou super bem, por cima da barreira, mas o goleiro adversário estava atento para defender. Na sequência, Michael cruzou para Arrascaeta, que cabeceou, mas parou na defesa de João Paulo, que não deu rebote.

Sem tirar o pé, nos acréscimos, o Flamengo voltou a ter nova chance ao pressionar o adversário. Filipe Luís cruza na área e Arrascaeta chuta, mas a bola vai à esquerda do gol. Fim do primeiro tempo com 52% de posse de bola para o Mengo, que acertou 231 passes, cinco cruzamentos e finalizou 10 vezes. Além disso, festival de cartões amarelos no jogo. Três para o Rubro-Negro (Bruno Viana, Isla e Diego) e dois para o Santos.

As equipes voltaram para o segundo tempo sem alterações, e logo aos três minutos, pênalti para o Flamengo! Gabigol cruza na área para Michael, que domina e é derrubado por Wagner. Na bola, o camisa 9 da Gávea! E como de costume, LEVANTA A PLAQUINHA, É GOL DO GABI! Mengo 1 a 0.

O Santos tentou empatar e teve boa chance aos nove. Carlos Sanchéz cobrou por cima da barreira, mas forçou demais e mandou por cima do gol de Diego Alves. O Flamengo tinha mais posse de bola e buscava ampliar o placar. E para oxigenar a equipe, aos 17, substituição dupla no Mengo: saíram Isla e Diego, amarelados, para as entradas de Matheuzinho e Thiago Maia, que nos primeiros lances conseguiram um bom ataque para o Fla.

Thiago Maia roubou a bola na meiuca, carregou e trabalhou com Matheuzinho. O lateral invadiu a área e finalizou cruzado, mas João Paulo defendeu. Arrascaeta, do campo defensivo, recebeu e encontrou Thiago Maia. E foi dos pés do camisa 8 que saiu o lance para o segundo gol do Mengo. Ele lançou uma linda bola para Michael, que cruzou rasteiro para Gabigol estufar as redes. Mengo 2 a 0.

E Thiago Maia entrou em campo para dar um show de futebol. Jogando de terno, o camisa 8 deu um lindo passe para Gabigol, que quase marcou o terceiro do jogo. O atacante colocou na frente, mas foi atrapalhado pelo goleiro João Paulo e acabou saindo de campo com bola e tudo. Chance maravilhosa!

E com o Flamengo pressionando, aos 32, João Paulo defendeu o gol de Gabi. Matheuzinho foi lançado pela direita e cruzou para Gabigol, que saiu na cara do gol. O camisa 9 finalizou de primeira, mas o goleiro adversário, mais uma vez, estava lá para impedir. Defesaça! Sem tirar o pé, o Mais Querido continuou atacando e ampliou. Arrascaeta trabalhou com Matheuzinho, que bateu de primeira. João Paulo deu rebote e Gabigol mandou pro fundo das redes. Hat trick do homem! Mengo 3 a 0.

O Santos tentou responder e teve a melhor chance de todo o jogo. Pirani recebeu na área, dominou e bateu colocado, mas Diego Alves fez grande defesa. A bola explodiu no travessão e a defesa do Flamengo tirou.

Aos 35, substituição tripla no Flamengo: saíram Everton Ribeiro, Arrascaeta e Gabigol, para as entradas de Andreas Pereira (estreante), Vitinho e Pedro. E já no seu primeiro lance com o Manto Sagrado, Andreas estufou as redes para ampliar a goleada. Depois de um cruzamento de letra, o camisa 18 saiu na cara de Joao Paulo e mandou entre as pernas do goleiro santista. Gol de estreante e goleada (mais uma) do Rubro-Negro. Mengo 4 a 0.

Sem mais surpresa, fim de papo na Vila Belmiro e goleada rubro-negra.

FLAMENGORJ.COM.BR

Facebook Comments

Sobre Gildo Ramos Cunha

x

Check Also

Fla empilha mais uma taça e atinge média de uma a cada 2,8 meses desde 2019… – Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/04/11/fla-empilha-mais-uma-taca-e-atinge-media-de-uma-a-cada-28-meses-desde-2019.htm?cmpid=copiaecola

Colocar faixa de campeão no peito virou uma doce rotina no Flamengo, que empilha taças ...

Insatisfeito em Portugal, Jorge Jesus começa a ‘mexer os pauzinhos’ para retornar ao Flamengo

De acordo com informações publicadas pela ESPN Brasil, o técnico português Jorge Jesus está avaliando ...

Garotada Brilha, Goleiro Hugo Souza se destaca no gol e o Flamengo vence o Del Valle em “revanche” no Maracanã

Duas semanas depois de sofrer derrota histórica em Quito, time rubro-negro tem grande atuação e ...