Home / Classificados / Tendência – Já pensou transformar sua casa em kitnets?

Tendência – Já pensou transformar sua casa em kitnets?

Mudanças têm sido usadas como fonte de renda e planejamento para o futuro, explica arquiteta.

Classificado como um apartamento de pequenas proporções, formado geralmente por apenas três cômodos: uma sala-quarto, uma cozinha e um banheiro ou uma cozinha-sala, quarto e banheiro, o kitnet tem ganhado força não só entre inquilinos, mas também para proprietários de imóveis antigos e grandes que desejam ampliar a fonte de renda através dos aluguéis.

Com dimensões que variam entre os 15 m² até os 40 m², as kitnets se diferem dos lofts – espaços com planta livre, sem paredes (exceto banheiro) e pelo pé direito (altura – piso – teto) alto, podendo ter mezanino ou não –, por não possuírem a planta livre, mas reproduzir um apartamento em menores proporções.

Antes predominante nas classes C e D, através dos famosos “puxadinhos”, esse modelo de construção está sendo profissionalizados para melhor aproveitamento dos ambientes, permitindo a edificação de muitas unidades com ocupação espacial de pouca área do terreno. “O que mudou agora é que pessoas com maior poder econômico estão começando a enxergar este mercado com bons olhos. A moradia é uma necessidade básica, e com preços cada vez mais altos, muitos acabam procurando opções mais baratas. Lembrando também que as famílias estão diminuindo, então o tamanho do apartamento por vezes não é o maior dos problemas, se tiverem uma boa localização”, pontua Agnes Carvalho, arquiteta.

Na arquitetura o desafio é criar ambientes que, mesmo compactos, sejam funcionais e atendam todas as necessidades do morador, aproveitando o máximo dos espaços. Uma questão importante ao adaptar moradias uma casa existente em várias kitnets é avaliar a condição estrutural da casa, consciente de que erguer pavimentos para construir mais unidades só deve ser feito com acompanhamento profissional.

Sócia da Casa Carvalho Arquitetura, Agnes Carvalho explica que a adaptação das casas tem ocorrido por diversos fatores. “As pessoas estão procurando fonte de renda extra ou uma renda para a aposentadoria futura, e muitas possuem casas de família amplas e antigas, que ninguém mais mora, perfeitas para a divisão em apartamentos menores”, destaca.

“Além disso, muitos pais estão preocupados com o futuro de seus filhos, e acabam fazendo essas alterações para que os filhos possam morar na casa dividida no futuro, cada um usando uma das kitnets”, conclui.

Priorizando a qualidade, funcionalidade e segurança dos projetos, a arquiteta Agnes Carvalho pontua cinco dicas imprescindíveis para transformar o imóvel em kitnet:

1. Um bom projeto de arquitetura, para melhor aproveitamento dos espaços;

2. Priorizar a iluminação natural;

3. Priorizar a ventilação natural;

4. Observar as questões estruturais, elétricas e hidráulicas do imóvel em questão;

5. Respeitar o Código de Obras da cidade.

Para novos projetos e informações sobre o escritório Casa Carvalho, acesse www.casacarvalhoarq.com, o Instagram @casacarvalhoarq, ou através do telefone 71 98158-0502.

Facebook Comments

Sobre Gildo Ramos Cunha

x

Check Also

Excelente oportunidade em Prado! Vende-se um prédio comercial e residencial no Bairro São Braz

EXCELENTE OPORTUNIDADE EM PRADO.! VENDE-SE UM PRÉDIO NO BAIRRO SÃO BRAZ PRÓXIMO AO SUPERMERCADO BOA ...

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com