Home / Brasil / Vitrine Virtual’: empreendedores investem em imagem para vender nas redes sociais

Vitrine Virtual’: empreendedores investem em imagem para vender nas redes sociais

Procura por fotografia profissional é tendência para os pequenos negócios

Como forma de driblar a crise gerada no período pandêmico, o comércio em plataformas virtuais aumentou entre os profissionais autônomos, microempreendedores e pequenas empresas. De acordo com a 9° edição da pesquisa “O Impacto da Pandemia de Coronavírus”, realizada pelo Sebrae e Fundação Getúlio Vargas (FGV), sete em cada dez empresas já atuam nas redes sociais, aplicativos ou internet para impulsionar suas vendas. Em maio, de 2020, esse percentual era de 59% e atualmente esse número é de 70%.

Ainda segundo dados da pesquisa, em alguns setores comerciais, o número de negócios no ambiente virtual teve acréscimo superior a 20%, como os segmentos de energia, que apresentou aumento de 37%; beleza, com 27%; bem educação e construção civil, 20%.

Como consequência do aumento de novos empreendimentos com serviços e produtos nas plataformas digitais, os profissionais autônomos, microempreendedores e pequenas empresas têm buscado investir em qualidade de imagem para as suas “vitrines virtuais”. Essa tem sido uma das estratégias usadas para despertar a atenção do público e se destacar da concorrência no ambiente digital.

Para a fotógrafa profissional Kaila Campos, a fotografia, de fato, é uma grande aliada no processo de posicionamento da empresa em relação aos concorrentes, e no desejo do cliente em adquirir o produto/serviço. “Vale ressaltar que a imagem vem aliada 100% na atração e prospecção dos clientes, no posicionamento e no valor agregado. Do que vale você ter um bom produto e não conseguir apresentá-lo da melhor maneira?”, indaga.

A profissional destaca que a imagem de qualidade pode ajudar tanto o prestador de serviço, como para a venda de produto. Além disso, para Kaila, o visual apresentado faz parte do planejamento da comunicação. Por esse motivo, é importante pensar em qual mensagem você quer passar, como você quer ser visto e como o seu produto é exposto na “vitrine virtual”. “Esses são pontos essenciais que precisam ser levados em conta para pensar estrategicamente o conteúdo produzido”, frisa.

Atualmente os nichos que mais procuram produzir conteúdo diferenciado para compartilhamento nas redes sociais, segundo a fotógrafa, são os nichos de alimentos, corporativo e moda. Ela ainda acrescenta que os meios onde mais acontece a distribuição desse conteúdo são em plataformas voltadas para o e-commerce e no Instagram, que são os meios com o maior fluxo de vendas atualmente.

Kaila comenta que é de suma importância fazer um planejamento durante o processo e que esse é um diferencial. “É essencial a pesquisa sobre o nicho, entender o que está sendo usado pelas maiores referências do mercado daquele seguimento, para a partir disso montarmos a ideia de como será, de acordo com a essência do cliente”, ressalta.

Outro destaque é que em alguns casos, os empreendedores não investem em serviço de fotografia profissional por considerar o serviço dispendioso. No entanto, com toda a mudança atual no mercado, os profissionais da fotografia passaram apresentar melhores formas e opções de serviço.

“Tudo irá depender, principalmente, da necessidade do cliente. Desde a facilitação nas formas de pagamento até em contratos periódicos. Por mais que haja custo na produção fotográfica isso poderá ser revertido em mais vendas e melhor posicionamento no mercado”, destaca Kaila.

Para mais informações sobre fotografia para pequenos empreendimentos, entrevistas e pautas, acesse @kailacamposph.

Facebook Comments

Sobre Gildo Ramos Cunha

x

Check Also

China encontra “traços de coronavírus” em frango brasileiro

Traços do novo coronavírus foram encontrados em asas de frango importadas do Brasil, em Shenzhen, ...

 Igreja Batista da Lagoinha apoia o CLF  – Conferência Global On-line 2020

O congresso global de pastores e líderes cristãos é gratuito, terá tradução e será realizado ...

O Congresso Nacional aprovou em 2019 uma série de mudanças nas regras de aposentadoria e pensão para trabalhadores da iniciativa privada.

Primeiro, foi aprovada a proposta que alterou a Constituição (PEC) para incluir novas regras para ...

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com